Aposentados em festa! INSS divulga antecipação do pagamento

As fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul resultaram em uma importante medida para os aposentados e pensionistas do estado: a antecipação do pagamento dos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

As fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul resultaram em uma importante medida para os aposentados e pensionistas do estado: a antecipação do pagamento dos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Aposentados em festa! INSS divulga antecipação do pagamento (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

A Portaria Conjunta INSS/MPS Nº 46 estabelece que os pagamentos de junho serão realizados no dia 24, uma forma de auxiliar aqueles que enfrentam dificuldades devido às enchentes.

Esse adiantamento inclui aposentados, pensionistas e beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

É importante notar que os segurados que recebem benefícios temporários, como auxílio-doença e salário-maternidade, não estão incluídos nesta antecipação.

Antecipação dos pagamentos no Rio Grande do Sul

Para os beneficiários do Rio Grande do Sul, o calendário de pagamento é simplificado: todos receberão no dia 24 de junho

Em outros estados, o calendário de pagamentos segue o cronograma normal:

Beneficiários que recebem até um salário mínimo:

  • Dígito final 1: 24 de junho
  • Dígito final 2: 25 de junho
  • Dígito final 3: 26 de junho
  • Dígito final 4: 27 de junho
  • Dígito final 5: 28 de junho
  • Dígito final 6: 1º de julho
  • Dígito final 7: 2 de julho
  • Dígito final 8: 3 de julho
  • Dígito final 9: 4 de julho
  • Dígito final 0: 5 de julho

Beneficiários que recebem acima de um salário mínimo:

  • Dígitos finais 1 e 6: 1º de julho
  • Dígitos finais 2 e 7: 2 de julho
  • Dígitos finais 3 e 8: 3 de julho
  • Dígitos finais 4 e 9: 4 de julho
  • Dígitos finais 5 e 0: 5 de julho

Mais dinheiro liberado para o RS

A situação de calamidade pública no Rio Grande do Sul devido às enchentes pode ser enfrentada com uma combinação de medidas financeiras e práticas de apoio. Aqui estão algumas formas pelas quais os moradores podem obter ajuda para sair dessa situação:

Solicitar Benefícios e Assistência Emergencial

Os beneficiários do INSS no Rio Grande do Sul já têm a antecipação dos pagamentos, mas existem outros programas de assistência que podem ser acessados:

  • Benefício de Prestação Continuada (BPC): Para idosos e pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade.
  • Auxílio Emergencial Municipal e Estadual: Algumas prefeituras e o governo do estado podem oferecer auxílios financeiros específicos para situações de calamidade.

Linhas de Crédito Emergenciais

Diversos bancos oferecem linhas de crédito especiais para emergências, com condições facilitadas:

  • Caixa Econômica Federal: Linhas de crédito com juros reduzidos e prazos estendidos para moradores de áreas afetadas por desastres naturais.
  • Banco do Brasil: Oferece crédito especial para reconstrução e reparação de danos causados por enchentes.

Apoio de ONGs e Instituições de Caridade

Organizações não governamentais e instituições de caridade frequentemente mobilizam recursos para ajudar as comunidades afetadas:

  • Cruz Vermelha Brasileira: Oferece apoio logístico e financeiro para emergências.
  • Ação da Cidadania: Campanhas de arrecadação de alimentos, roupas e fundos para as vítimas das enchentes.

Solicitação de Seguro

Para aqueles que possuem seguros residenciais ou de automóveis, é importante acionar o seguro o mais rápido possível:

  • Seguro Residencial: Pode cobrir danos estruturais à casa, perda de bens e custos de hospedagem temporária.
  • Seguro Automotivo: Pode cobrir danos ao veículo causados pela enchente.

Programa de Recuperação Fiscal

Para empresas e pequenos negócios afetados:

  • Simples Nacional e outros regimes: Podem haver prorrogações no prazo de pagamento de tributos e isenções temporárias.
  • Linhas de crédito para capital de giro: Oferecidas por bancos públicos e privados para ajudar na recuperação dos negócios.

Doações e Voluntariado

A participação da comunidade é crucial:

  • Campanhas de doação: Roupas, alimentos, materiais de construção e produtos de higiene.
  • Trabalho voluntário: Ajuda na limpeza e reconstrução das áreas afetadas.

Consultoria e Assessoria

Muitas vezes, acessar os benefícios disponíveis pode ser complicado, e é onde consultorias e assessorias podem ajudar:

  • Contadores e advogados: Podem ajudar a acessar benefícios e créditos emergenciais.
  • Assistência social: Oferecida por prefeituras para orientar os cidadãos sobre os recursos disponíveis.
Ariel França
Escrito por

Ariel França