Benefício de mais de R$100 no Cadastro Único: brasileiros comemoram

Benefício de mais de R$100 no Cadastro Único chega para milhões de famílias e você tema chance de ver agora como é simples receber!

Benefício de mais de R$100 no Cadastro Único ficou disponível para milhões de famílias durante o mês de junho.

Desse modo, por meio desse auxílio muitas famílias receberam mais de R$700,00 com o Bolsa Família.

A seguir vamos explorar os detalhes para quem deseja ganhar este valor adicional nos próximos meses.

Com esta iniciativa, o governo dá suporte para a compra de um botijão de gás de cozinha (13 Kg).


Como receber o benefício de mais de R$100 no Cadastro Único

Antes de tudo, é fundamental ter os seus dados mais atuais no Cadastro Único para Programas Sociais ou CadÚnico.

Assim, o benefício chega às famílias que vivem com condição de meio salário-mínimo per capita.

Uma pessoa abrindo o aplicativo em sua mão para conferir o Benefício de mais de R$100 no Cadastro Único
Imagem: Reprodução

O pagamento do Auxílio Gás pode se acumular com Bolsa Família, aliás, ele é pago no mesmo dia.

Além disso, o programa também está disponível para famílias que tenham na sua composição pessoas beneficiadas pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Se você não tem um cadastro no CadÚnico, o primeiro passo é se dirigir a um CRAS (Centro de Referência da Assistência Social).

Lá, basta apresentar alguns documentos referentes à identificação (de cada integrante da família) e residência.

Vale mencionar que após o repasse, as famílias têm 120 dias para usar o benefício.

Inclusive, como já destacamos antes, o governo libera o valor a cada dois meses.

Com o cadastro atualizado e a renda dentro do limite estabelecido, o sistema identificará automaticamente e incluirá sua família na lista de beneficiados.


A importância do Auxílio Gás

Em 2024, esta iniciativa do governo alcança em torno de 5,8 milhões de famílias. Este é o fruto de um investimento de cerca de R$ 592,64 milhões dos cofres públicos.

Para definir o valor que será repassado às famílias, o governo conta com um cálculo que traz a média do valor do Botijão de Gás de 13 Kg em todo o Brasil.

A responsável por definir o valor é a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Até 2023, o auxílio pagava apenas 50% do valor referente ao gás de cozinha em todo território nacional.

No entanto, após a Medida Provisória 1.155/2023, houve o acréscimo de mais 50%, estabelecendo um suporte de 100% ara as pessoas que realmente precisam.

Com a alta no preço dos alimentos e a inflação, o dinheiro do brasileiro passa a ter menos poder de compra em supermercados e lojas.

Medidas como esta, visam equilibrar a balança, garantindo que a camada mais vulnerável da sociedade, ainda tenha condições de acessar o que é necessário para viver sobre uma condição mais digna.

Após o pagamento em junho, as famílias têm dois meses para sacar ou transferir o dinheiro da sua conta onde recebe o benefício.

Dessa forma, o próximo repasse deste auxílio fica previsto para o mês de agosto. Não se esqueça que o pagamento é feito junto com o Bolsa Família.

Assim, concluímos nosso artigo e agora você já sabe como não perder o Benefício de mais de R$100 no Cadastro Único!

Para não perder outros benefícios e direitos de todo cidadão, não deixe de conferir as atualizações diárias do Brasileiro Trabalhador!

Moysés Batista
Escrito por

Moysés Batista