Bolsa Trabalho pagando R$ 270,00 para desempregados finalizar curso e arrumar emprego

Você sabia que é possível receber um benefício do governo mesmo estando desempregado?

Você sabia que é possível receber um benefício do governo mesmo estando desempregado? O programa Bolsa Trabalho foi criado justamente para oferecer essa ajuda. Continue lendo para descobrir quem pode ser contemplado, como funciona o pagamento e como você pode se inscrever.

Bolsa Trabalho pagando R$ 270,00 para desempregados finalizar curso e arrumar emprego (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

O Bolsa Trabalho é uma iniciativa que integra o programa Bolsa do Povo, destinado a auxiliar financeiramente os cidadãos desempregados e proporcionar qualificação profissional.

O objetivo principal é ajudar aqueles que estão sem emprego a se capacitarem e, consequentemente, aumentarem suas chances de reinserção no mercado de trabalho.

Quem tem direito ao Bolsa Trabalho?

Para ser elegível ao programa, é necessário cumprir alguns requisitos:

  • Residir no estado de São Paulo há mais de dois anos.
  • Estar desempregado há pelo menos um ano.
  • Não receber seguro-desemprego ou qualquer outro benefício similar.
  • Não possuir CNPJ ativo, mesmo que seja como Microempreendedor Individual (MEI).

Além disso, é necessário estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e ter uma renda familiar per capita inferior a meio salário mínimo.

Como funciona o pagamento?

Os beneficiários do Bolsa Trabalho recebem um auxílio mensal de R$ 540,00, que é depositado diretamente em suas contas.

Para isso, é utilizado o Cartão Bolsa do Povo, que permite saques em caixas eletrônicos, lotéricas e agências da Caixa Econômica Federal, além de pagamentos em estabelecimentos comerciais e transferências bancárias.

O auxílio é concedido por um período de seis meses, durante os quais o beneficiário deve participar das atividades de capacitação profissional oferecidas pelo programa. É necessário manter uma frequência mínima de 85% nas atividades para continuar recebendo o benefício.

Passo a passo para inscrição no programa

  1. Cadastro no Portal Bolsa do Povo: Acesse o site oficial do programa e realize seu cadastro. É necessário possuir ou criar um login na plataforma gov.br.
  2. Preenchimento de Formulário: Forneça todas as informações solicitadas, como dados pessoais, endereço e situação de emprego.
  3. Análise de Dados: Seus dados serão avaliados para verificar se você atende aos critérios de elegibilidade.
  4. Convocação: Se aprovado, você será convocado a participar do programa. A convocação pode ocorrer via e-mail ou telefone.
  5. Recebimento do Cartão Bolsa do Povo: Após a confirmação, você receberá o cartão para acessar o benefício mensal​.

Outros benefícios para quem está desempregado

Existem outros programas e benefícios disponíveis para quem está desempregado e busca por capacitação para novas oportunidades no mercado de trabalho:

Seguro-Desemprego

  • Descrição: Benefício temporário oferecido aos trabalhadores demitidos sem justa causa.
  • Requisitos: Tempo mínimo de trabalho, não estar recebendo outros benefícios do INSS, entre outros.
  • Duração: Varia entre 3 e 5 parcelas, dependendo do tempo trabalhado.
  • Valor: Baseado na média dos últimos salários recebidos.

Programa de Apoio ao Desempregado (PAD)

  • Descrição: Programa voltado para oferecer assistência financeira temporária e capacitação profissional.
  • Requisitos: Desempregado há pelo menos 6 meses, residente no estado de São Paulo.
  • Benefícios: Auxílio financeiro e acesso a cursos de qualificação.
  • Duração: Até 6 meses.

Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec)

  • Descrição: Iniciativa federal para ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica.
  • Requisitos: Inscrição no CadÚnico, desempregados, entre outros.
  • Benefícios: Cursos gratuitos de qualificação e formação técnica.
  • Duração: Variável, dependendo do curso escolhido.

Bolsa Formação do Ministério da Educação

  • Descrição: Programa que oferece bolsas para cursos técnicos e de formação profissional.
  • Requisitos: Inscrição no CadÚnico, comprovação de baixa renda.
  • Benefícios: Auxílio financeiro durante o período do curso.
  • Duração: Varia conforme o curso.

Para mais detalhes sobre os requisitos e procedimentos de inscrição, é importante consultar os sites oficiais de cada programa.

Ariel França
Escrito por

Ariel França