Deixe o governo pagar sua internet; saiba como

Descubra como famílias de baixa renda podem obter TV e internet gratuitas através dos programas inovadores do governo. Verifique sua elegibilidade e melhore sua qualidade de vida hoje mesmo!

A inclusão digital é muito importante para promover igualdade social, ampliando as oportunidades educacionais e de desenvolvimento pessoal.

 Pensando nisso, o Ministério das Comunicações está implementando programas inovadores que oferecem TV e internet gratuitas para famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único.

Deixe o governo pagar sua internet; saiba como

Parabólicas digitais: TV de qualidade para todos

O programa de distribuição de parabólicas digitais beneficia famílias carentes de 439 municípios brasileiros, substituindo as antigas antenas analógicas por modelos digitais de alta desempenho. As novas parabólicas digitais garantem:

  • Imagem e som de qualidade superior;
  • Acesso a 100 canais gratuitos;
  • Sinal livre de interferências do 5G.

Essa iniciativa assegura que essas famílias continuem a assistir TV aberta com a melhor qualidade possível, mesmo com a chegada das redes 5G.

Veja também: Nubank, Inter e C6 preparam SURPRESA que vai gerar ainda mais VANTAGENS para clientes

Municípios contemplados

A distribuição das parabólicas digitais está acontecendo em várias regiões do país, incluindo:

  • São Paulo: 163 municípios
  • Santa Catarina: 36 municípios
  • Paraná: 33 municípios

Outros estados também estão sendo beneficiados, garantindo que mais brasileiros possam acessar conteúdo de qualidade sem custo adicional.

Como solicitar a parabólica digital

Para solicitar a instalação da nova antena digital, as famílias devem entrar em contato pelo número 0800 729 2404 ou pelo site Siga Antenado.

 É necessário fornecer informações pessoais como CPF e Número de Identificação Social (NIS) durante o agendamento. Esse processo simples garante que todas as famílias elegíveis acessem a melhoria tecnológica rapidamente e sem burocracia.

Internet Brasil: conectando estudantes de baixa renda

Além das parabólicas digitais, o Ministério das Comunicações está distribuindo 100 mil chips de internet gratuita até o final de 2024.

O programa Internet Brasil é voltado para estudantes de famílias de baixa renda, inscritas no Cadastro Único, que estudam em escolas públicas. 

O objetivo é democratizar o acesso à informação e ao conhecimento, contribuindo para a retenção escolar e novos formatos de ensino, como aulas online e materiais educativos digitais.

Veja também: Bolsa Família é CORTADO para diversas famílias e causa pânico; veja como resolver bloqueio

Expansão do Programa Internet Brasil

Inicialmente, o programa atendia apenas escolas públicas da região Nordeste.

No entanto, a Portaria Interministerial MCOM/MEC n° 12.544/2024 ampliou sua abrangência para incluir estudantes das redes estaduais do Amapá, Bahia, Maranhão, Pará e Rio Grande do Norte. 

Essa expansão demonstra o compromisso do governo em promover a inclusão digital em todo o país, garantindo que mais estudantes possam se beneficiar desse programa inovador.

Benefícios da Inclusão Digital

A distribuição de parabólicas digitais e chips de internet gratuita representa um avanço significativo na luta contra a exclusão digital e a desigualdade social. Esses programas oferecem:

  • Acesso à informação e ao conhecimento;
  • Oportunidades educacionais;
  • Desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Inclusão social e digital.

Ao proporcionar ferramentas para aprendizado e crescimento, esses programas contribuem para uma sociedade mais justa e igualitária, onde todos têm a chance de prosperar e alcançar seu pleno potencial.

 

Gilmar Penter
Escrito por

Gilmar Penter

Com uma carreira jornalística iniciada em 2013, Gilmar Penter se dedica a traduzir temas complicados, como economia popular, benefícios do governo e questões ambientais, para uma linguagem simples e acessível. Além da redação com SEO, têm passagens pelo rádio e experiências na produção audiovisual e em fotojornalismo.