Falta de mão de obra faz brasileiros serem chamados para trabalhar na Suíça: 400 vagas abertas

Descubra como 400 vagas de emprego na Suíça estão disponíveis para brasileiros devido à falta de mão de obra qualificada. Saiba mais sobre setores em demanda, como se candidatar e os benefícios de trabalhar no país europeu.

 

A falta de mão de obra qualificada na Suíça abriu uma oportunidade valiosa para brasileiros que desejam trabalhar no exterior. Atualmente, há 400 vagas de emprego disponíveis para profissionais brasileiros em diversos setores do país europeu. Esta iniciativa visa suprir a demanda crescente por trabalhadores qualificados e proporcionar novas oportunidades de carreira para aqueles que buscam uma vida profissional internacional.

Falta de mão de obra faz brasileiros serem chamados para trabalhar na Suíça: 400 vagas abertas

Por que a Suíça está recrutando brasileiros?

A Suíça, conhecida por sua economia robusta e alto padrão de vida, enfrenta uma escassez significativa de mão de obra em setores essenciais como tecnologia, engenharia, saúde e hospitalidade. Essa carência se deve ao envelhecimento da população e à baixa taxa de natalidade, fatores que reduziram a força de trabalho local.

Os brasileiros, reconhecidos por sua qualificação e adaptabilidade, são vistos como uma solução ideal para preencher essas lacunas. A qualidade da educação e a experiência profissional dos trabalhadores brasileiros são altamente valorizadas pelos empregadores suíços, que buscam incorporar talentos estrangeiros em suas equipes.

 Veja também: Como conseguir empréstimo pelo Caixa Tem: Tudo que você precisa saber se você recebe o Bolsa Família

Setores com maior demanda

A Suíça oferece diversas oportunidades de emprego para brasileiros em várias áreas. Alguns dos setores com maior demanda incluem:

  • Tecnologia da informação: desenvolvedores de software, analistas de sistemas e especialistas em segurança cibernética estão entre os profissionais mais procurados.
  • Engenharia: engenheiros civis, mecânicos e elétricos são altamente requisitados para projetos de infraestrutura e desenvolvimento tecnológico.
  • Saúde: médicos, enfermeiros e técnicos de laboratório encontram inúmeras oportunidades nos hospitais e clínicas suíças.
  • Hospitalidade: o setor de turismo e hotelaria também busca profissionais qualificados, incluindo chefs, gerentes de hotel e atendentes de recepção.

Como se candidatar para trabalhar na Suíça 

Para se candidatar a uma das 400 vagas abertas na Suíça, os brasileiros devem seguir alguns passos essenciais:

  1. Preparar um currículo atualizado: certifique-se de que seu currículo está bem estruturado e traduzido para o inglês ou alemão, idiomas predominantes na Suíça.
  2. Buscar vagas em plataformas de emprego internacionais: sites como LinkedIn, Indeed e Glassdoor são excelentes pontos de partida para encontrar oportunidades de emprego na Suíça.
  3. Contatar agências de recrutamento especializadas: algumas agências de recrutamento têm parcerias com empresas suíças e podem facilitar o processo de seleção.
  4. Preparar-se para entrevistas: esteja pronto para entrevistas remotas e, eventualmente, presenciais. Demonstrar conhecimento sobre a cultura empresarial suíça pode ser um diferencial.


Veja também: CRAS anuncia mudanças no CadÚnico

Benefícios de trabalhar na Suíça

Trabalhar na Suíça oferece uma série de benefícios atraentes para os brasileiros, incluindo:

  • Salários competitivos: os salários na Suíça são, em média, mais altos do que em muitos outros países, refletindo o alto custo de vida, mas também a qualidade de vida oferecida.
  • Qualidade de vida: a Suíça é conhecida por sua segurança, infraestrutura de primeira classe e belíssimas paisagens naturais.
  • Ambiente multicultural: a diversidade cultural é valorizada e a integração de estrangeiros é facilitada por políticas inclusivas.
  • Desenvolvimento profissional: a Suíça abriga algumas das maiores e mais inovadoras empresas do mundo, oferecendo amplas oportunidades para crescimento e desenvolvimento profissional.

Desafios e considerações para ir para Suíça 

Apesar das vantagens, é importante estar ciente de alguns desafios ao se mudar para a Suíça:

  • Custo de vida: o custo de vida é elevado, especialmente em cidades como Zurique e Genebra. Planejar financeiramente antes da mudança é crucial.
  • Barreira linguística: embora muitas pessoas falem inglês, aprender alemão, francês ou italiano, dependendo da região, pode facilitar a adaptação e aumentar as oportunidades de emprego.
  • Adaptação cultural: a cultura suíça valoriza a pontualidade, a discrição e a eficiência. Adaptar-se a essas normas pode ser essencial para o sucesso profissional.

 

Gilmar Penter
Escrito por

Gilmar Penter

Com uma carreira jornalística iniciada em 2013, Gilmar Penter se dedica a traduzir temas complicados, como economia popular, benefícios do governo e questões ambientais, para uma linguagem simples e acessível. Além da redação com SEO, têm passagens pelo rádio e experiências na produção audiovisual e em fotojornalismo.