Governo Libera R$ 5.100 para Famílias Desabrigadas: Saiba Como Receber

Governo libera R$ 5.100 para famílias desabrigadas e nós explicamos aqui sobre como funciona, quem tem direito e muito mais!

Governo Libera R$ 5.100 para Famílias Desabrigadas em uma iniciativa única para ajudar milhares de famílias. Além disso, o prazo para a inscrição que era até terça-feira (25), ganhou uma nova data.

Até o momento, segundo dados do governo, 166,5 mil família já receberam o benefício. Se você também quer participar, recomendamos acompanhar esta leitura!


Governo Libera R$ 5.100 para Famílias Desabrigadas com Auxílio Reconstrução

Esta medida do governo, o Auxílio Reconstrução, chega como amparo para milhares de famílias que perderam tudo. Mas como que a iniciativa funciona?

Essencialmente, a família recebe R$5.100,00, de modo que é restrito apenas um pagamento por família. Como você deve imaginar, este é um auxílio disponível apenas para moradores do Rio Grande do Sul.

Uma menina com bota amarela pisando em um chão inundado após ver que o Governo Libera R$ 5.100 para Famílias Desabrigadas
Imagem: Reprodução/Freepik

Para receber, a família precisa ser residente de uma das áreas afetadas pelas enchentes do Rio Grande do Sul.

Isso vale para pessoas que deixaram sua casas, seja por perdê-las ou por sair temporariamente, em algum dos munícipios que declararam estado de calamidade pública.

Na prática, para uma família receber o benefício, há basicamente alguns passos simples, de modo que:

  • prefeitura deve identificar e cadastrar as famílias (nome completo + endereço) que sofreram com as enchentes;
  • Em seguida, o cidadão identificado inicialmente deve entrar na página do Auxílio Reconstrução e clicar em “Sou cidadão”. Assim, basta fazer o login em sua conta Gov.BR para confirmar os dados;
Tela do site em que o Governo Libera R$ 5.100 para Famílias Desabrigadas
Imagem: Reprodução/GOV
  • Depois que a Caixa Econômica Federal recebe a confirmação das informações, ela efetua o pagamento em uma conta da Caixa.

“E eu que não tenho uma conta na Caixa?” Para você será aberta uma nova conta automaticamente. Desse modo, é possível consultar e acessar o valor no aplicativo Caixa TEM.

E se você tem alguma dúvida em relação aos locais habilitados a participar, o governo fez uma lista com os 444 munícipios que podem receber o Auxílio Reconstrução.

Atraso no cadastro leva à prorrogação do prazo

Como apontamos nos passos acima, o auxílio começa com o cadastros das famílias, o que deve ser feito pela prefeitura de cada município. No entanto, cerca de 166 municípios não registraram as famílias.

Então, o novo prazo para a inscrição inicial das famílias é de 12 de julho. Paulo Pimenta, ministro da Secretaria de Reconstrução do RS, se manifestou em relação ao atraso:

“Não é razoável que famílias que já podiam ter recebido sequer tenham sido cadastradas. Vamos prorrogar em respeito às famílias e fazer um chamamento às prefeituras para que cumpram esse prazo.”.

Depois que há a efetivação do cadastro, as famílias podem consultar se já estão aptas a receber o auxílio dentro do próprio site do Gov.BR. O governo incentiva os cidadãos a instalarem App Gov.BR, disponível para iOS e Android.

Sem dúvida, é importante saber que o governo libera R$ 5.100 para famílias desabrigadas! Até o momento, 226,5 mil famílias já receberam o auxílio, o que é o equivalente a R$1,1 bilhão.

De todo modo, é fundamental que o governo se atente ao novo prazo para o cadastro das famílias. Sem este passo, infelizmente as pessoas que têm direito, não vão receber o benefício.

Moysés Batista
Escrito por

Moysés Batista