PicPay faz ALERTA GERAL para todos os clientes e avisa: “É golpe!”

PicPay faz ALERTA GERAL e se você não quer cair em golpe, não deixe de conferir este artigo e tudo que destacamos para te ajudar!

PicPay faz ALERTA GERAL e se você é cliente do banco, vai entender a importância de prestar atenção a este aviso. Afinal, o alerta é para quem tem uma conta, se atentar a golpes como o phishing

Por que é importante tomar cuidado com este ataque? Pesquisas nos últimos anos apontaram o Brasil como o país com o maior número de vítimas. Desse modo, entender como este ataque funciona e o que ele pode acarretar, te ajudará a se prevenir.


O que é phishing no celular?

O phishing no celular, também pode receber o nome de “smishing” ou “vishing”. Esta, portanto, é uma forma de fraude online que utiliza mensagens de texto (SMS) ou chamadas telefônicas. Uma vez que ela consegue contato, o golpista busca enganar as vítimas e roubar seus dados pessoais ou financeiros.

Normalmente, os golpistas se passam por empresas ou instituições confiáveis. Como, por exemplo, uma pessoa pode te ligar afirmando que é um funcionário do PicPay, mas é apenas uma pessoa enviando mensagens falsas ou ligações fraudulentas.

No SMS phishing, é comum que as mensagens geralmente apresentem links maliciosos. Embora levem para um site que parece real, trata-se de uma página falsa copiando uma legítima.

Uma mulher com o celular e seu banco PicPay na tela. Ela confere após ver que o PicPay faz ALERTA GERAL
Imagem: Reprodução/PicPay

Depois que a pessoa clica no link, ela já é uma vítima em potencial, e que será induzida a digitar suas informações confidenciais, como senhas, dados bancários ou número do cartão de crédito.

O vishing, por outro lado, que conta com chamadas telefônicas, geralmente utiliza técnicas de engenharia social. A partir de gatilhos, o golpista pressiona a vítima a fornecer seus dados ou realizar transações online inseguras.

O que fazer se cair em phishing?

Se você acredita que caiu em um golpe de phishing no celular, é importante tomar algumas atitudes o mais rápido possível. Assim, você pode seguir algumas estas etapas como:

  • Alterar senhas: mude as senhas de todas as contas que você pode ter comprometido quando clicou no link. Lembre-se de senhas dos seus bancos, e-mail, redes sociais e qualquer outra importante;
  • Entre em contato com seu banco: após identificar o ataque, ligue para seu banco e peça ajuda para cancelar qualquer transação fraudulenta que tenha sido feita nos últimos dias;
  • Verifique seu extrato bancário e cartão de crédito: antes mesmo de ligar para o banco, você pode olhar seus extratos bancários e de cartão de crédito com atenção.

Como identificar se a mensagem é um phishing?

Apesar de ser um método de ataque cada vez mais comum, é possível evitá-lo se você se atentar aos padrões usados por golpistas. Abaixo você confere algumas características que podem indicar que uma mensagem de texto ou chamada telefônica é um golpe de phishing:

  • Links suspeitos: mensagens com links estranhos no corpo da mensagem podem ser um sinal de phishing. Evite clicar em links duvidosos;
  • Urgência e pressão: golpistas costumam criar um senso de urgência ou pressão para que a vítima aja rapidamente sem pensar. Então, desconfie de mensagens ou ligações que exigem ação imediata;
  • Erros gramaticais e ortográficos: tanto em e-mail, SMS ou WhatsApp, atenção às mensagens com erros gramaticais e ortográficos frequentes. Estes pontos podem indicar que se trata de um golpe;
  • Ofertas irresistíveis: sempre desconfie de promessas de prêmios, descontos inacreditáveis ou oportunidades de investimento com retornos muito altos podem ser iscas para atrair vítimas.

Entendeu por que o PicPay faz ALERTA GERAL? Estes golpes fazem milhares de vítimas todos os anos. Portanto, conscientizar os clientes e orientá-los para evitar estas situações, é um dever das instituições financeiras que atuam no Brasil.

Moysés Batista
Escrito por

Moysés Batista