Presidente Lula firma acordo para indenizar famílias em R$ 120 mil; confira se seu nome está na lista

Saiba como receber a indenização de R$ 120 mil do governo estadual de Pernambuco para moradores de prédios em risco de desabamento. Descubra os requisitos, passos para o cadastro, reassentamento e mais. Garanta sua segurança e dignidade hoje!

 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou um acordo histórico entre a Caixa Econômica Federal e o governo de Pernambuco, destinado a compensar financeiramente as famílias que residem em edifícios em risco de desabamento. Esta medida visa garantir a segurança e a dignidade dos cidadãos afetados, por um fundo de R$ 1,7 bilhão.

Presidente Lula firma acordo para indenizar famílias em R$ 120 mil; confira se seu nome está na lista

 

Quem tem direito à indenização?

Os beneficiários desta ação são os proprietários de imóveis localizados em prédios de alto risco na região metropolitana de Recife, incluindo cidades como Paulista, Camaragibe, Jaboatão dos Guararapes, Olinda e Recife. Ao todo, são 431 edifícios identificados como perigosos, onde os moradores correm risco iminente de desabamento.

Valor da Indenização

Cada proprietário receberá uma indenização de R$ 120 mil, que será paga pelo Fundo de Compensação de Variações Salariais, gerido pelo Ministério da Fazenda. Para receber o valor, os moradores devem comprovar a propriedade do imóvel.

Passos para Receber a Indenização

  • Cadastro e Homologação Judicial: o primeiro passo para receber a indenização é estar cadastrado no programa e comprovar a propriedade do imóvel. Este processo será homologado judicialmente para garantir a legalidade e transparência da operação.
  • Desocupação e Demolição dos Prédios:os prédios identificados em risco serão desocupados e demolidos para evitar tragédias. As famílias serão reassentadas através do programa Minha Casa, Minha Vida, utilizando o Cadastro Único (CadÚnico).
  • Auxílio-Moradia Temporário: famílias que não possuem a propriedade dos imóveis, mas que residem nos prédios por meio de movimentos de luta pela moradia, também serão reassentadas. O governo de Pernambuco fornecerá um auxílio-moradia, que atualmente é de R$ 250, mas está previsto para ser aumentado para R$ 350.

Veja também: ATENÇÃO beneficiário do Bolsa Família! Se benefício pode ser cortado em 30 dias

Processo de Reassentamento

As famílias reassentadas terão novas moradias garantidas pelo programa Minha Casa, Minha Vida ou por um programa habitacional próprio do governo estadual. No total, 30 mil famílias serão beneficiadas por essas medidas. Este reassentamento é uma parte crucial do plano para proporcionar condições de vida dignas e seguras.

Compromisso do Governo

O presidente Lula destacou que esta ação é uma reparação pelo descaso histórico que a elite governante teve com as populações mais vulneráveis. Ele ressaltou a importância de reconhecer e reparar os direitos dessas famílias, que há décadas vivem em condições precárias e perigosas.

A governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, explicou que os desabamentos são frequentes na região devido à inadequação do solo para os prédios-caixão, uma modalidade de construção sem vigas, utilizada amplamente nos anos 1970. Esse tipo de construção, combinado com o solo argiloso e os antigos manguezais da região, cria condições perigosas que levaram aos frequentes desabamentos.

Veja também: banco Central divulga informação INACREDITÁVEL sobre PIX 

Como Solicitar a Indenização?

  • Verifique a Elegibilidade: se você é proprietário de um imóvel em um dos prédios identificados em risco, verifique sua elegibilidade para a indenização.
  • Reúna a Documentação Necessária: certifique-se de ter todos os documentos que comprovem a propriedade do imóvel.
  • Cadastre-se no Programa: Inscreva-se no programa através dos canais oficiais, como o site da Caixa Econômica Federal ou diretamente com a Prefeitura da sua cidade.
  • Acompanhe o Processo Judicial: após o cadastro, acompanhe o processo de homologação judicial para garantir que todos os passos estão sendo seguidos corretamente.

Este esforço coordenado entre o governo federal, estadual e municipal visa não apenas oferecer uma compensação financeira, mas também garantir a segurança e dignidade das famílias afetadas.

Através do reassentamento em novas moradias e a demolição dos prédios em risco, o governo visa proporcionar um futuro mais seguro e promissor para os cidadãos da região metropolitana de Recife. Se você é um dos beneficiários, siga os passos descritos para garantir que seus direitos sejam reconhecidos e você receba a devida compensação.

Gilmar Penter
Escrito por

Gilmar Penter

Com uma carreira jornalística iniciada em 2013, Gilmar Penter se dedica a traduzir temas complicados, como economia popular, benefícios do governo e questões ambientais, para uma linguagem simples e acessível. Além da redação com SEO, têm passagens pelo rádio e experiências na produção audiovisual e em fotojornalismo.