Brasileiros em festa HOJE (17/05): Governo libera valor de R$ 1.412,00 para trabalhadores; veja se você tem direito

Tadeu Castro

17 de maio de 2024

Já imaginou ter um dinheiro extra que você pode pegar no momento que mais está precisando? Muitos brasileiros têm direito a um dinheiro do governo e nem sabem disso.

Esse dinheiro é como um bônus do trabalho, um benefício chamado abono salarial, que o governo dá para quem contribuiu para o FGTS por pelo menos 5 anos.

Você pode receber até R$ 1.412 (valor do salário mínimo atual), que é um agradecimento pelos anos que você trabalhou.

Saiba como receber seus benefícios (Foto: Jeane de Oliveira)
Saiba como receber seus beneficios de forma simples e rápida (Foto: Jeane de Oliveira/ FDR)

 

Quem pode pegar esse dinheiro? 

Se você trabalhou com carteira assinada por 5 anos, contribuiu para o FGTS e não mexeu nesse dinheiro por 12 meses, você pode ter direito a R$ 1.412.

Como você pega esse dinheiro? 

É fácil:

  1. Entre no site do FGTS (www.fgts.gov.br) e faça login com seu número de PIS/NIS;
  2. Veja quanto dinheiro tem lá;
  3. Se tiver dinheiro, fale com a Caixa Econômica Federal para pedir o dinheiro;
  4. Mostre seus documentos, como carteira de trabalho e comprovante de endereço;
  5. Espere eles colocarem o dinheiro na sua conta.

Lembre-se: o jeito de pegar o dinheiro pode mudar, então é bom se informar direitinho.

O que acontece se você não pegar o dinheiro? 

Se você não pedir esse dinheiro, ele fica parado na sua conta do FGTS e você não aproveita. Com o tempo, a inflação pode fazer esse dinheiro valer menos.

Dicas para usar o dinheiro com sabedoria 

Quando você receber esse dinheiro:

  • Pague dívidas, como empréstimos ou cartão de crédito;
  • Guarde um pouco para emergências;
  • Invista uma parte para o futuro, como em fundos ou ações;
  • Use para coisas importantes da casa ou para cuidar da saúde e educação.

Assim, você faz o melhor uso desse dinheiro e ajuda a garantir um futuro mais seguro.

Tadeu Castro
Escrito por

Tadeu Castro

Tadeu Castro é formado em Direito e graduando em Jornalismo. Atua como redator desde 2018 e está sempre pesquisando sobre os direitos dos aposentados, pensionistas e beneficiários do INSS, afim de reunir e compartilhar informações atualizadas e confiáveis para nossos leitores.