Governo bate o martelo sobre 13º do Bolsa Família; entenda confusão causada

A notícia que o governo bate o martelo sobre o 13º do Bolsa Família pode impactar milhões e millhões de famílias que esperam pelo benefício em 2024. Porém, a questão é que a fala não é lá muito positiva para quem aguardava o pagamento extra ao fim do ano.

13º Salário do Bolsa Família
Foto: Jeane de Oliveira/FDR

 

Nesse sentido, o Bolsa Família não terá o pagamento do 13º ao final do ano. A decisão já está tomada pelo Governo Federal e, por mais que o Bolsa Família tenha passado por mudanças em 2024, essa não foi uma delas.

Por isso, você precisa saber que não receberá o décimo-terceiro pagamento do Bolsa Família, e o calendário do benefício segue normalmente com os 12 meses do ano. Quer saber mais para se planejar? Confira.

Entenda a questão do 13º do Bolsa Família

Em primeiro lugar, a legislação do Bolsa Família não prevê o pagamento de um décimo-terceiro salário. Na verdade, o calendário do benefício define o dinheiro para os doze meses do ano de 2024. 

Lá em 2019, houve uma medida em caráter único que institucionou o pagamento do décimo-terceiro do Bolsa Família. Portanto, isso parou em 2019, e não houve nenhuma outra confirmação da iniciativa.

Assim, com as mudanças do Bolsa Família, inclusive com o adiantamento dos pagamentos, muita gente esperou que o décimo-terceiro poderia voltar. Porém, isso não vai acontecer em 2024 e já está confirmado.

Como funciona o Bolsa Família em 2024

Para 2024, o Bolsa Família continua com o seu objetivo de auxiliar famílias vulneráveis em território nacional. De acordo com as novas atualizações, o valor é bastante variável e leva em conta as necessidades da família. 

benefício-base é de R$600, com adicionais de R$150 por crianças de até seis anos como integrantes da família e mais R$50 para cada um dos seguintes perfis: membros de 7 a 18 anos, gestantes e lactantes. 

Para manter o recebimento do Bolsa Família em dia, você precisa manter o cadastro atualizado para evitar bloqueios ou cancelamentos, o que é fundamental. Além disso, as famílias precisam cumprir regras básicas.

E essas regras são em relação aos filhos, visto que os pais precisam manter a frequência escolar das crianças, bem como continuar com os devidos acompanhamentos da saúde na rede pública federal. 

Assim, o Bolsa Família continua sendo uma ajuda vital para os brasileiros, contando recentemente com ajustes para atender melhor às necessidades dos beneficiários. Por isso, você pode conhecer as regras e as obrigações para não ter problemas.

Como receber o Bolsa Família?

Muita gente ainda tem dúvidas sobre como receber o dinheiro do Bolsa Família. As pessoas que ainda não têm o cadastro pronto precisam inscrever-se no CadÚnico, sistema do governo que concentra os benefícios sociais.

Para solicitar o Bolsa Família, você pode entrar em contato com os postos de assistência espalhados pelas cidades. Nesse sentido, para ter direito ao benefício, você precisa ter a renda per capita de até R$218 por pessoa da familia.

Após estar cadastrado no programa, você pode receber o dinheiro de diversas formas, como pelo app do Caixa TEM, pelo cartão de débito ou diretamente em uma unidade da Caixa Econômica Federal.

Gabriel Gonçalves
Escrito por

Gabriel Gonçalves