INSS revoluciona: Aposente-se mais cedo em 2024 sem idade mínima!

O INSS revoluciona e o Brasileiro Trabalhador não deixaria uma atualização tão importante passar batido por você!

O INSS Revoluciona, chamando a atenção de pessoas como você que desejam se aposentar o quanto antes e não sabem como é possível fazer isso. Esta novidade chega por conta do regime de transição (de 2019), que define atualizações anuais para quem contribui com o INSS, até o ano de 2031.

Com a atualização das regras previstas na Emenda Constitucional nº 103, há novas taxas de idade para se aposentar. Desse modo, o homem pode dar entrada à aposentadoria com 63 anos e 6 meses enquanto a mulher 58 anos e 6 meses.

Mulheres que desejam se aposentar por pontuação, precisam atingir 91 pontos enquanto homens 101 pontos. Outra mudança também está imposta na aposentadoria por tempo de contribuição. Agora, homens precisam contribuir durante 35 anos, enquanto mulheres têm que atingir 30 anos.


INSS Revoluciona a aposentadoria de professores

Os professores também têm que se atentar às novas regras de contribuição e aposentadoria. Afinal, está em vigor o que chamam de “fórmula 89/96“. Este número, por sua vez, tem como base o tempo de contribuição e a idade do professor. Antes, essa classe trabalhadora seguia o Fator Previdenciário.

Assim, o homem precisa contribuir durante um período de 30 anos e ter a idade mínima de 63 anos e 6 meses com o INSS. A mulher, por outro lado, deve ter no mínimo 58 anos e 6 meses, além de somar 30 anos de contribuição.

INSS Revoluciona e uma pessoa confere o seu aplicativo do INSS em um celular da Samsung
Imagem: Reprodução/GOV

Vale mencionar que estas mudanças são tão importantes para quem vai se aposentar neste ou no próximo ano, quanto para quem deve trabalhar ainda por mais de uma década. Com estas regras em vigor, pode ser necessário contribuir um pouco mais para ter o direito de pedir a aposentadoria.

Como simular a aposentadoria INSS?

Se você tem dúvida em relação ao tempo de prestação e quando poderá se aposentar, não deixe de conferir esta possibilidade incrível para checar este dado. Primeiramente, você precisa acessar o site Meu INSS. O segundo passo é entrar em sua conta com o acesso Gov.br.

Outra opção de acesso ao serviço é pelo aplicativo de mesmo nome, e que está disponível para iOS e Android. Desse modo, após fazer o login, basta procurar pela aba referente à simulação de aposentadoria. Chegando lá, informe os seus dados de acordo com o que o sistema exigir e confira o resultado da simulação.

Como o próprio órgão destaca, a simulação não é uma garantia de direito à aposentadoria. Conforme há atualizações no sistema, dados como idade e tempo de contribuição podem ter valores diferentes daqui há alguns anos, o que a simulação não leva em consideração agora.

É possível se aposentar sem ter contribuído?

Em alguns casos específicos é possível, mas não é tão simples, e é necessário ter como comprovar todos os anos de exercício remunerado sem registro em carteira de trabalho. Situações em que isso é mais comum é a de trabalho rural pessoas jurídicas, como MEI, por exemplo.

De toda forma, sempre que tiver uma mudança ou que o INSS Revoluciona, nós relatamos detalhadamente aqui no Brasileiro Trabalhador. Por isso, não deixe de acompanhar as nossas atualizações para se manter por dentro de todas as novidades sobre benefícios para trabalhadores e cidadãos do Brasil.

Moysés Batista
Escrito por

Moysés Batista