Bolsa Família pode chegar a mais de R$ 700 no mês de junho

Bolsa Família pode chegar a mais de R$ 700 no mês de junho e você vai ver que o valor pode ser ainda maior!

Bolsa Família pode chegar a mais de R$ 700 no mês de junho e agora você entender o porquê e quem pode receber este valor no mês de junho! Isso acontece graças ao acréscimo de outro benefício que fica disponível bimestralmente para algumas famílias.

Estamos nos referindo ao Auxílio Gás, que quando somado ao valor padrão, pode dar um suporte ainda maior para os beneficiados. Inclusive, algumas composições familiares podem levar até mesmo ao pagamento em torno de R$ 900,00. 


Vai ter aumento no Bolsa Família em junho de 2024?

Para quem é beneficiado pelo Bolsa Família e acompanha as notícias, sabe que no mês de junho, não há um aumento. Por outro lado, o repasse do governo será maior do que os R$ 600,00 padrão. 

Mas o que pode levar uma família a receber quase R$ 900,00 durante o mês de junho? Embora, o valor base do benefício permaneça em R$ 600,00, é possível contar com cerca de três acréscimos.

Um é no valor de R$ 150,00 pago por cada filho, que vem do Benefício Primeira Infância (inclui apenas crianças de 0 a 6 anos). Além disso, é possível integrar ao valor de vase mais R$ 50,00 através do Benefício Variável Familiar (crianças entre 7 e 18 anos, gestantes e nutrizes).

Um rapaz segurando o seu cartão do Bolsa Família após ver que o Bolsa Família pode chegar a mais de R$ 700 no mês de junho
Imagem: Reprodução

Outra possibilidade para algumas famílias, é receber o Auxílio Gás, que neste mês somará com o valor de R$ 102,00. Aliás, abaixo nós falamos melhor sobre estes benefícios adicionais, que ajudam as famílias a alcançarem valores maiores de acordo com a sua necessidade.

Assim, uma família em que a mãe tem um filho com menos de 6 anos e outro de 7 ou mais, vai ser beneficiada com R$ 902,00, caso também receba o Auxílio Gás.

O Auxílio Gás

O Auxílio Gás de junho de 2024 está sendo pago a partir de 17 de junho, com valor de R$ 102,00. Dessa forma, como ocorre durante o período do pagamento do auxílio, ele fica disponível conforme o pagamento do Bolsa Família.

O benefício, no entanto, é pago a cada dois meses e atende famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) com renda familiar per capita mensal de até meio salário mínimo. Inclusive, não há a necessidade de solicitar o valor adicional.

Conforme os dados no CadÚnico, o governo faz a seleção de quem atende aos requisitos. Portanto, não deixe de manter as suas informações atualizadas para integrar ou não o benefício ao seu pagamento.

Benefício Primeira Infância

O Benefício Primeira Infância é outra iniciativa fundamental, e que tem ajudado milhões de pessoas em todo o país. Desse modo, o valor de R$ 150,00, é pago junto com o Bolsa Família para lares com crianças de 0 a 6 anos.

Com este apoio ao repasse mensal, o governo tem o objetivo de garantir o acesso à alimentação, saúde e educação das crianças na primeira infância. Quando essa criança sai da faixa etária estipulada para receber o benefício, automaticamente ela é inscrita no benefício Variável Familiar.

Com estas adições o Bolsa Família pode chegar a mais de R$ 700 no mês de junho, e continuar ajudar milhões de famílias a terem melhores condições.

 

Moysés Batista
Escrito por

Moysés Batista