CUIDADO! Aposentados podem perder benefício do INSS ao tentar empreender

Descubra os cuidados ao formalizar-se como MEI na aposentadoria. Entenda os riscos e benefícios para evitar a perda de benefícios do INSS e aproveitar as vantagens do empreendedorismo na terceira idade.

 

Muitos aposentados buscam uma renda extra através do empreendedorismo, mas é fundamental observar os critérios para formalizar pequenos negócios como Microempreendedor Individual (MEI) para evitar armadilhas e a perda de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

CUIDADO! Aposentados podem perder benefício do INSS ao tentar empreender

Como abrir empresa sendo idoso?

Após a aposentadoria, muitos idosos desejam continuar ativos no mercado de trabalho, utilizando seus talentos ou transformando hobbies em fontes de renda. Empreender pode ser uma excelente opção, mas é essencial compreender os critérios e consequências, especialmente ao optar pela formalização como MEI.

Bradesco emite ALERTA GERAL pra clientes e fraude é detectada

Vantagens do empreendedorismo na terceira idade

  • Manter-se ativo: permite que os idosos permaneçam engajados e produtivos.
  • Renda extra: ajuda a complementar a aposentadoria.
  • Realização pessoal: transforma hobbies e talentos em negócios.

Os riscos de abrir um MEI na aposentadoria

Aposentados devem estar atentos aos riscos associados à formalização como MEI. Registrar um pequeno negócio em seu nome pode fazer com que o sistema do INSS reconheça uma nova fonte de renda, resultando no cancelamento de benefícios importantes.

Benefícios do INSS que podem ser cancelados

  • Aposentadoria por invalidez: benefício destinado a pessoas com doenças permanentes que impedem o retorno ao trabalho.
  • Auxílio-doença: destinado a quem está temporariamente incapacitado de trabalhar devido a uma doença.
  • Salário-maternidade: benefício pago às seguradas que se afastam do trabalho devido ao nascimento de um filho.

Ao abrir uma empresa, o aposentado pode ser visto como alguém capaz de gerar renda adicional, comprometendo a elegibilidade para esses benefícios.

Exceções para idosos aposentados 

Aposentados por idade, tempo de contribuição ou insalubridade têm mais liberdade para registrar suas atividades como MEI. Para esses aposentados, a formalização pode ser uma maneira interessante de regularizar o trabalho, continuar contribuindo para o INSS e aproveitar vantagens adicionais.

Caixa Tem anuncia: Saque de R$ 200 liberado para CPFs final 0 a 9!

Por que idosos devem considerar o MEI?

  1. Emissão de nota fiscal: Possibilita a venda para outras empresas ou órgãos públicos.
  2. Empréstimos e investimentos: Facilidade para realizar empréstimos em nome da empresa.
  3. Contratação de funcionários: Permite contratar até um funcionário para aumentar a produção.
  4. Benefícios fiscais: Unificação de pagamentos de impostos, resultando em vantagens fiscais.

Para aqueles que ainda não se aposentaram, abrir um MEI pode ser uma opção interessante, pois permite a contribuição para o INSS e oferece diversas vantagens que podem ser benéficas no longo prazo. Contudo, para aposentados, é crucial considerar os riscos e benefícios antes de formalizar um negócio.

Gilmar Penter
Escrito por

Gilmar Penter

Com uma carreira jornalística iniciada em 2013, Gilmar Penter se dedica a traduzir temas complicados, como economia popular, benefícios do governo e questões ambientais, para uma linguagem simples e acessível. Além da redação com SEO, têm passagens pelo rádio e experiências na produção audiovisual e em fotojornalismo.