INSS paga mais de R$ 4 mil junto com Bolsa Família e idosos com mais de 60 anos comemoram

Se você é idoso e continua trabalhando após os 60 anos, há uma excelente notícia para você: é possível combinar os benefícios do INSS e do Bolsa Família, resultando em um valor total superior a R$ 4.000.

Se você é idoso e continua trabalhando após os 60 anos, há uma excelente notícia para você: é possível combinar os benefícios do INSS e do Bolsa Família, resultando em um valor total superior a R$ 4.000. Veja, abaixo, como conseguir esses depósitos mensais.

INSS paga mais de R$ 4 mil junto com Bolsa Família e idosos com mais de 60 anos comemoram (Imagem: Jeane de Oliveira/ FDR)

Atualmente, quem recebe aposentadoria do INSS pode continuar a receber o Bolsa Família, desde que a renda per capita da família seja inferior a meio salário mínimo, aproximadamente R$ 706.

A Regra de Proteção do Bolsa Família permite que beneficiários que aumentaram sua renda devido ao trabalho continuem a receber 50% do benefício por até dois anos, garantindo um apoio financeiro contínuo.

Além disso, aposentados que trabalharam com carteira assinada em 2022 podem ter direito ao abono salarial PIS/Pasep, cujo valor varia entre R$ 118 e R$ 1.412, dependendo do tempo de trabalho.

Esse abono pode ser consultado e solicitado através do Portal GOV.BR, dos aplicativos específicos ou diretamente nos sites da Caixa Econômica Federal (para trabalhadores do setor privado) ou do Banco do Brasil (para servidores públicos). Vale lembrar que o prazo para sacar esse abono vai até 27 de dezembro de 2024.

Consultar benefício do INSS

Para acessar o número do seu benefício do INSS, existem várias opções.

A mais prática é através do site ou aplicativo Meu INSS.

Após fazer login com sua conta Gov.br, o número do benefício estará disponível na tela inicial.

Outra forma é verificar no Cartão Cidadão, onde o número pode estar impresso abaixo do nome do titular.

Se preferir, também é possível ligar para a Central de Atendimento do INSS no número 135 ou comparecer a uma agência do INSS com seus documentos pessoais para obter essa informação.

Bolsa Família para idosos

O Bolsa Família, em 2024, continua a ser uma peça central no combate à pobreza no Brasil, com valores reajustados e uma estrutura que considera o tamanho e as características de cada família.

O valor mínimo garantido é de R$ 600 por família. Além disso, há benefícios adicionais que podem aumentar o valor recebido, dependendo da composição familiar:

  1. Benefício da Primeira Infância: R$ 150 para cada criança de 0 a 6 anos.
  2. Benefício Variável Familiar: R$ 50 para cada criança ou adolescente de 7 a 18 anos incompletos, gestantes e nutrizes.
  3. Benefício Variável Familiar Nutriz: R$ 50 para bebês de até sete meses de idade.
  4. Benefício Extraordinário de Transição: Para manter os valores recebidos anteriormente pelo Auxílio Brasil, até maio de 2025.

Para os idosos, é essencial manter o Cadastro Único (CadÚnico) atualizado, pois ele é um requisito para a manutenção e renovação dos benefícios.

O Cadastro pode ser feito ou atualizado nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximos.

Ariel França
Escrito por

Ariel França