Bolsa Família em Risco de Corte? Veja Como Evitar o Bloqueio do Benefício para receber parcelas atrasadas

O pagamento do Bolsa Família pode ser bloqueado a qualquer momento, deixando muitas famílias em situação de vulnerabilidade.

O pagamento do Bolsa Família pode ser bloqueado a qualquer momento, deixando muitas famílias em situação de vulnerabilidade. Confira, abaixo, como recuperar os pagamentos atrasados e evitar bloqueios.

Bolsa Família em Risco de Corte? Veja Como Evitar o Bloqueio do Benefício para receber parcelas atrasadas (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

Desde janeiro de 2024, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) adotou novas regras para evitar fraudes e garantir que o benefício chegue a quem realmente precisa.

Entre as principais causas de bloqueio estão irregularidades no CPF e dados desatualizados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Os beneficiários devem estar atentos às mensagens enviadas pelo aplicativo do Bolsa Família ou pela Caixa Econômica Federal, que informam sobre possíveis irregularidades.

Dados desatualizados geram bloqueio do Bolsa Família

Além disso, é fundamental verificar regularmente a situação do CPF junto à Receita Federal.

Um CPF irregular pode resultar em bloqueio imediato dos pagamentos. Para resolver esse problema, é possível regularizar o CPF no site da Receita Federal ou presencialmente em uma de suas unidades.

Outro ponto crítico é a atualização dos dados cadastrais.

Famílias que não atualizam suas informações desde 2019 estão em risco de ter o benefício bloqueado.

A atualização deve ser feita no CRAS ou em outros órgãos autorizados, como Correios e agências da Caixa Econômica Federal.

Bolsa Família bloqueado, o que fazer?

Caso o benefício seja bloqueado, a regularização deve ser feita o quanto antes.

A situação pode ser verificada pelo aplicativo do Bolsa Família ou diretamente no site do CadÚnico.

Após a regularização, é necessário solicitar a revisão do bloqueio no CRAS. A recuperação dos valores retroativos depende da resolução das pendências apontadas.

Como evitar bloqueios nos pagamentos

  • Primeiro, é essencial manter os dados cadastrais sempre atualizados, informando qualquer mudança na composição familiar ou na renda.
  • Segundo, é importante regularizar o CPF e corrigir qualquer irregularidade junto à Receita Federal.
  • Terceiro, os beneficiários devem responder prontamente a qualquer convocação do MDS para evitar bloqueios futuros.

Receber pagamentos atrasados do Bolsa Família

Se o benefício for bloqueado, a recuperação dos valores retroativos segue um processo específico.

Primeiramente, deve-se identificar a causa do bloqueio. Em seguida, é necessário corrigir todas as irregularidades apontadas.

Após isso, deve-se solicitar formalmente a revisão do caso no CRAS ou na unidade onde foi feito o registro do CadÚnico.

O acompanhamento regular do processo é fundamental para garantir que a solicitação está sendo processada corretamente.

Finalmente, após a aprovação da revisão, os valores bloqueados serão depositados na conta do beneficiário.

Entre em contato com o Bolsa Família

Para entrar em contato com o Bolsa Família, os beneficiários podem usar os seguintes canais oficiais:

  1. Disque Social: O número 121 é o canal oficial de atendimento para dúvidas e informações sobre o Bolsa Família. As ligações são gratuitas.
  2. Aplicativo Bolsa Família: Disponível para download em celulares Android e iOS, permite consulta de informações e atualização de dados.
  3. Agências da Caixa Econômica Federal: Atendimento presencial para questões relacionadas ao benefício.
  4. Centros de Referência de Assistência Social (CRAS): Unidades locais que oferecem suporte e serviços relacionados ao CadÚnico e Bolsa Família.
Ariel França
Escrito por

Ariel França