Como me Aposentar com o Teto do INSS? Regras, Valor, e Contribuição

Tadeu Castro

12 de julho de 2022

Quem está atento às contribuições do INSS, já deve ter se perguntando “como me aposentar com o teto do INSS?” Essas informações precisam ser bem avaliadas e por isso, vale a pena conferir a seguir como me aposentar com o teto do INSS:

Como me aposentar com o teto do INSS?

Como me aposentar com o teto do INSS?

Como me aposentar com o teto do INSS?

A aposentadoria é um benefício para o qual todos os brasileiros devem estar atentos, até mesmo aqueles que estão longe de completar as contribuições necessárias.

Esse benefício é dividido em algumas categorias que remetem em diferentes valores para os trabalhadores. E esses são os dois fatores que irão definir o valor do benefício.

A aposentadoria através do INSS irá contar um teto mínimo e um teto máximo de contribuição para atingir as remunerações mensais interessadas.

✓ Confira mais informações:

Como me aposentar com o teto do INSS?

Fonte: Valentim & Astolpho

É importante ressaltar que o valor a ser recebido pela aposentadoria do trabalhador é estabelecido diretamente pelo valor de sua contribuição durante os anos.

Quem cumpre com o valor mínimo de contribuição da Previdência Social, terá acesso ao teto básico, referente a um salário mínimo.

Para entender mais sobre como essas taxas de contribuições e pagamentos funcionam, esteja atento às informações a seguir quanto aos valores INSS 2023.


Regras de contribuição INSS 2023

A Reforma da Previdência estabeleceu novas regras de contribuição INSS 2023, e por isso, os trabalhadores devem estar atentos a estas mudanças.

De acordo com essas regras, o assegurado deve receber 60% das suas contribuições, além de um acréscimo de 2% por ano de contribuição.

Este acréscimo de 2% por ano é considerado a partir de 20 anos de contribuição para homens e 15 anos de contribuição para as mulheres.

Para receber um valor equivalente a 100% de suas contribuições, é necessário contribuir por 35 anos para as mulheres e 40 para homens.

✓ Veja também:

Como me aposentar com o teto do INSS?

Fonte: Wikimedia

Tipos de aposentadoria do INSS

Dependendo da categoria de aposentadoria INSS, algumas regras também podem estar presentes. Confira a seguir as categorias mais populares do benefício:

  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Idade.
  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Tempo de Contribuição.
  • Aposentadoria especial por tempo de contribuição.
  • Aposentadoria por Idade Rural.
  • Aposentadoria por Idade Urbana.
  • Aposentadoria por invalidez.
  • Aposentadoria por Tempo de Contribuição.

Se você quer entender mais um pouco mais sobre os tipos de aposentadoria INSS, não deixe de conferir o vídeo a seguir com informações importantes:


Quanto contribuir para se aposentar com o teto?

É importante ressaltar que o teto máximo do INSS sofre constantes alterações no seu valor, devido a algumas taxas importantes para a inflação do país.

A seguir, você pode conferir alguns dos fatores que influenciam diretamente no valor do teto máximo do benefício. Confira abaixo:

  • ORTN (Obrigação Reajustável do Tesouro Nacional) até 09/1984;
  • INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) até 12/1991;
  • IRSM (Índice de Reajuste de Salário Mínimo) até 02/1994;
  • IPC-R (Índice de Preços ao Consumidor do Real) até 06/1995;
  • INPC até 03/1996;
  • IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) até 01/2004;
  • INPC em diante.

Devido a esses fatores, fica um tanto improvável que o beneficiário possa receber o valor do teto do INSS, mas é possível receber bem próximo dessa estimativa.

Para tanto, é necessário passar a contribuir na categoria máxima do INSS. Você pode verificar a sua cota de contribuição através dos seguintes portais:

  • Aplicativo Meu INSS disponível na loja de apps do seu celular.
  • Telefone de atendimento 135;
  • Site do Meu INSS clicando aqui.

Fonte: Meu INSS

No site do INSS, o usuário deve fazer login com o seu registro do Gov.br.

Tadeu Castro
Escrito por

Tadeu Castro

Tadeu Castro é formado em Direito e graduando em Jornalismo. Atua como redator desde 2018 e está sempre pesquisando sobre os direitos dos aposentados, pensionistas e beneficiários do INSS, afim de reunir e compartilhar informações atualizadas e confiáveis para nossos leitores.